---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prevenção contra o Tracoma

Publicado em 11/07/2019 às 13:30 - Atualizado em 11/07/2019 às 13:31

    A secretaria da saúde estará fazendo visitas nas escolas municipais com profissionais da saúde do município  em função da Campanha de identificação e prevenção contra o Tracoma. As visitas serão feitas em agosto.

   O tracoma é uma doença inflamatória dos olhos, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que atinge a córnea e a conjuntiva. A transmissão ocorre por contato direto, pessoa a pessoa, ou contato indireto, por meio do compartilhamento de objetos contaminados com secreção (toalhas, lenços, lençóis). Os olhos de pessoas afetadas pelo tracoma podem apresentar vermelhidão, lacrimejamento, coceira, irritação, secreção, sensação de corpo estranho e intolerância à luz. Se não for tratado, pode prejudicar a visão e causar cegueira.

Como se tranmite?

A transmissão acontece quando se entra em contato com a secreção dos olhos de uma pessoa infectada. Isso pode acontecer:

Diretamente de pessoa para pessoa;

Por meio de objetos contaminados(lápis, borracha, caneta, toalhas, roupas, lenços, etc.)

Como prevenir?

Evitar coçar os olhos,

Lavar as mãos e o rosto com água corrente e sabonete, várias vezes ao dia;

Procurar dormir sozinho na cama, e se necessário dormir com outras crianças, manter as cabeças virada para lados diferentes(cabeceira e pés da cama);

Não usar toalhas, lenços e objetos de outras crianças.

Saneamento básico, acesso, água potável e destino adequado do lixo, são medidas muito importantes e necessárias.

Principais sintomas?

Os sintomas começam a se manifestar entre 5 a 12 dias após o contato da bactéria com os olhos e geralmente são:

  • Olhos vermelhos,
  • Pálpebras inchadas e com pus;
  • Inflamação dos olhos;
  • Coceira nos olhos.

Estes sintomas são semelhantes a uma conjuntivite, mas que se prolonga por muito mais tempo com produção de secreção seguido de formação de cicatrizes na conjuntiva e na córnea fazendo com que os cílios virem para o interior, o que torna a doença ainda mais dolorosa podendo ferir os olhos, provocando inflamação que pode levar ao comprometimento permanente da visão.

   Para o diagnóstico precoce é feito o inquérito do tracoma nas escolas.